26/11/2009

* 2009 – A LUTA CONTINUA....



No dia 25 de novembro, num cenário típico de Blumenau, dia chuvoso e abafado os moradores da Rua Julio Heiden, sob liderança do líder comunitário Adalberto Day, estiveram reunidos na curva da rua Progresso, mais precisamente nas imediações do morro do cemitério, local dos mais atingidos na tragédia de Nov/2008.
O vereador em exercício senhor Mauricio Goll, agilizou o enviou da TVL - TV Legislativa de Blumenau, para gravações e entrevistas com os moradores para que pudessem manifestar-se suas preocupações as autoridades no tocante deste trecho que há um ano deixa todos preocupados a cada ameaça de chuva no município.
Estiveram presentes alguns moradores que representaram muito bem a comunidade, na esperança que as autoridades constituídas do município resolvam o problema no local, mas não cobram ativamente. Estiveram presentes as seguintes pessoas: Francisco A Krueger , Ernesto Simon, Wilibaldo Zimmermann, Rogério Lang, Carlos A. Salles de Oliveira, Dalva e Adalberto Day.


Os moradores que ali estiveram representando a comunidade, foram unânimes na manifestação de soluções. Como prioridade urgentemente TALUDES ( bancadas ) de cima para baixo no morro, e na barranca do ribeirão Garcia, entroncamentos, gabiões. Não esperando o barro descer a cada chuva de menor expressão como está acontecendo neste período de um ano, e colocando máquinas que tem seus honorários de auto custo, sendo que se fossem aplicadas essas verbas, com certeza já teríamos realizado todo o trabalho a custa aceitável.
O jornalista Marcos Roberto Jana o “Marcão” com o cinegrafista Rafael Miranda, entrevistaram todos os moradores que lá estiveram, e as imagens serão durante a sessão da câmera de vereadores durante as próximas sessões . O nosso representante o vereador em exercício Mauricio Goll estará comentando as necessidades urgentes da comunidade do bairro Progresso, pois se essa rua vier a ficar interditada somente terá acesso ao bairro pela rua Julio Heiden e assim teremos várias dificuldades.



O Presidente da Comissão Pró Construção do AGG – Carlos A.Salles de Oliveira a convite do amigo Adalberto Day esteve prestigiando a luta e reforçando que todas as necessidades desta comunidade refletem nas outras associações de moradores ao longo do ribeirão Garcia.
Mais informações no Blog de Adalberto Day, www.adalbertoday.blogspot.com




24/11/2009

* 2009 - ELEIÇÃO PARA DIRETORIA DA CODEPA GESTÃO 2010/2011






Presidente: Maria Helena Maba (ABLUDEF)


Vice - Presidente: Marcos Edwin Mey (CERENE) ficou o senhor Mauricio (CERENE)
Secretária Geral: Adriana Bollmann (AFISVALE)
1º Secretário: Ademar Severino Haussmann ( ACEVALI) ficou a senhorita Sheila (ACEVALI)
2º Secretário: Deise Mara da Silva ( RENALVIDA) ficou o senhor Fernando (APPM)
1º Tesoureiro: Gisele Bremer (APAE)
2º Tesoureiro: Maria José Benites (ABAPA)

22/11/2009

* 2009 - 22 DE NOVEMBRO DE 2008

Blumenau amanhece com garoa, nada lembra do trágico dia 22 de novembro de 2008. Após longos dias de chuva começa o mais trágico e interminável mês de novembro da história dos blumenauenses.



Cidade tipicamente alemã, onde tradicionalmente festejam a chegada do "menino Jesus", sendo que os trabalhadores já com seu tão sonhado 13º salário em mãos sai atrás dos presentes de Natal para os familiares. Schopping cheios, trânsito parado,chuvas intensas,  mas nada disso os impede de sair para comprar  para seus filhos as novidades . Mas a festa é interrompida logo nas primeiras horas da tarde, quando começa a surgir os primeiros problemas de desmoronamento e causando a primeira vítima de apenas 3 aninhos, a menina Luana, residente da rua Araranguá.


Durante dias e noites intermináveis, ouviam-se em nossa bela cidade não risos, mas muitas lágrimas pela perdas de lares, familiares, amigos e assim sucessivamente. Muitos "heróis" anonimos viam de toda as partes da nossa pátria "Brasil", pessoas sem motivos aparentes, chegavam em caravanas apenas pelo prazer se ajudar, seres solidários, que deixavam seus finais de semana em suas cidades, para dar conforto aos blumenauenses. Após 1 ano, Blumenau ainda tem suas marcas da tragédia, mas aos poucos se reegue, como uma estrela e volta a brilhar. Hoje estamos em condições de poder avaliar e agradecer a todos que de alguma maneira ou outra contribuiu para que nós blumenauense pudessem ter esperança e poder continuar a crescer.


Plano de Habitação para desabrigados pela catástrofe de novembro em Blumenau.



Com o resultados das doações que os brasileiros enviaram Santa Catarina, Blumenau recebeu o montante de R$ 8 milhões e 200 mil reais que veio através da Defesa Civil do Estado de SC. A Prefeitura usou esse dinheiro para a compra de 10 terrenos. Em locais que ofereça o mínimo de acessibilidade, segurança e dignidade para as pessoas que hoje ainda se encontram em abrigos. Um dos critérios que está sendo rigorosamente cumprido que essas casas sejam livres de enchentes, tenham serviços públicos, como Posto de saúde , escolas e transporte acessível.
Histórico da aquisição dos terrenos, elaboração dos projetos e construção dos apartamentos:
Dezembro de 2008 – Prefeito determina estudo para identificar áreas adequadas para receber as novas construções.
Janeiro de 2009 – São identificadas no município cerca de 30 áreas possíveis. Destas, são selecionadas 10 áreas mais apropriadas.
Fevereiro de 2009 – Prefeitura assina convênio para a liberação dos recursos necessários para a compra dos terrenos.
Março de 2009 – A Prefeitura negocia com os proprietários e compra os terrenos.
Abril de 2009 – Governo do Estado libera recursos da ordem de R$ 8,2 milhões – Dinheiro de doações – para a Prefeitura paga os terrenos.
Abril de 2009 – A Prefeitura inicia com a Caixa Econômica Federal reuniões para a construção de 10 condomínios residenciais nas áreas adquiridas.
Abril/Maio/Junho de 2009 – CEF faz a concorrência para contratar as construtoras que irão fazer as obras.
Junho de 2009 – As construtoras são escolhidas e iniciam os projetos para cada um dos terrenos.
Julho/Agosto/Setembro de 2009 – Construtoras fazem os projetos e apresentam à CEF.
Setembro/Outubro de 2009 – CEF analisa os projetos.
Outubro de 2009 - Após aprovação dos projetos pela CEF, construtoras iniciam as obras.
Primeiro trimestre de 2010 – Primeiras unidades são concluídas e entregue aos moradores, privilegiando a ordem de inscrição no Cadastro Único do Cidadão Atingido.
Como assistente social da ABLUDEF estamos sempre junto com o poder público, para ver se os associados que estão em abrigo são atendidos em suas necessidades imediatas.

20/11/2009

* 2009 - 80 ANOS BODAS DE CARVALHO DO COLÉGIO GOV. CELSO RAMOS





O Colégio Governador Celso Ramos começou sua história em 14 de fevereiro de 1929, com o nome de Escola Paroquial São José . Atualmente localiza-se no bairro da Glória e tem como diretor geral o professor João Albino Gonçalves que responde pelo educandário há 20 anos. Atende cerca de 1500 alunos, desde o jardim da infância até o ensino médio.


Esse educandário foi palco de ensino para muitos alunos que hoje orgulham Blumenau, jornalistas, empresários,políticos, músicos, bancários, médicos, pessoas de bem que enaltecem a história do Colégio Governador Celso Ramos, que está completando 80 primaveras, fazendo as BODAS DE CARVALHO. Mulheres ilustres da comunidade como a presidenta da ABLUDEF e CODEPA a senhora Maria Helena Mabba e  a escritora Urda Alice Klueger estudaram neste educandário.

* 2009 - ESPORTE PARA PARAATLETAS


No dia 17 de novembro de 2009, as 14 horas reuniram-se representantes do paradesporte de Blumenau com autoridades do município. Estiveram presentes João Paulo Kleinubing – prefeito de Blumenau; Rufinus Seibt – vice prefeito; Maria Helena Mabba – presidente da ABLUDEF e CODEPA; Dalva Day Assistente social da ABLUDEF; Felipe Juliano Braz – representante da F.M.D – Fundação Municipal de Desportos; Marco Antonio Leal – representante da SETERB; Isaias Izidoro – diretor de transporte municipal – SETERB; Rudolf Clebsch – Presidente da SETERB; Maurício Pfiffer – treinador de atletismo pela ACEVALI e ABLUDEF; e os seguintes Atletas e associados da ABLUDEF Maike S.Tarnowski; Walter Bendheim Filho; Maria Regina Decker, Atletas da ACEVALI João e Luis Feller.
O prefeito de Blumenau João Paulo Kleinubing juntamente com o vice-prefeito Rufinus Seibt,iniciaram a reunião saudando os presentes e se colocando a disposição em escutar as reivindicações para posteriormente dar uma resposta sobre o assunto.A representante da CODEPA e ABLUDEF a senhora Maria Helena Mabba agradeceu as autoridades presentes, dizendo que não acreditava que todos pudessem participar devido as dificuldades que hoje Blumenau passa e todos tem compromissos inadiáveis. Colocou com clareza as dificuldades que as ONGs tem no momento referente a representatividade de Blumenau com os paraatletas.O município dispõe de verbas para custear os atletas dos jogos aberto, mas não podem ajudar os paraatletas nas competições fora do município, sendo que as ONGs custeiam as despesas dos mesmos. Como gastos referentes a uniformes , transportes, alimentações e hospedagem.


Hoje o time oficial de basquete em cadeiras de rodas “superação sobre rodas” da ABLUDEF treinam uma vez por semana na quadra da escola Schalon, Sendo que seria necessário de dois a três dias da semana para treinos e terem condições de participar dos jogos como o Parajasc ou outros jogos com outras agremiações.

O prefeito pediu que fosse feito urgentemente a listagem de todos os paraatletas que participam de competições e quais as modalidades. Manifestou desejo de ajudar os paraatletas dentro das possibilidades do município, necessitando que sejam feitos projetos para fazer parcerias com diversos setores que poderão custear os gastos e trazendo mais tranqüilidade para os paraatletas e competir com outras agremiações com total apoio do município.


18/11/2009

* 2009 - "12ª. FEIRA DA SOLIDARIEDADE - NATAL 2009."



A Casa da Amizade está promovendo em parceria com o Shopping Neumarkt e a Fundação Cultural de Blumenau a "12ª. Edição da Feira da Solidariedade ", que estará aberta ao público do dia 14 de novembro até o dia 23 de dezembro de 2009.

Está sendo oferecido belíssimos artesanatos realizados por diversas entidades assistidas pelas senhoras rotarianas. Os produtos estão expostos no 2º piso do Shopping Neumarkt.


As assistente s sociais da ABLUDEF, Dalva Day e Tânia Regina Moraes estiveram no schopping Neumarkt levando produtos para serem expostos no local destinados aos trabalhos artesanais oferecidos a ONG.




Entidades Participantes:

* ACEVALI
* ABADA

* ABAM

* C.A.P.N.

* ACEVAP

* A.P.P.M.

* CEDUP

* CASA DA ESPERANÇA

* AFEBLU

* ABAPA

* LAR BETÂNIA

* LAR BETHEL

* R.F.C.C.

* HOSPITAL STO. ANTONIO

* ABLUDEF

* CASA SÃO SIMEÃO

* E.E.B. HERMANN HAMANN

* C.E.I.R.R.BARTH

* ASILO SÃO LUCAS

* PRÓ FAMILIA

* APAE

* ASSOCIAÇÃO RENAL VIDA





São oferecidos diversos produtos natalinos para os turistas e os blumenauenses. Esperamos que todos que vierem a Blumenau, estejam prestigiando as artesãs e compre os verdadeiros produtos artesanais,pois estarão diretamente colaborando com as nossas entidades assistidas e credenciadas para atender esse público.

14/11/2009

* 2009 - ARTESANATO DE BISCUIT




No dia 10 de novembro realizou-se o último curso agendado pela COOPER e administrado pela professora Jucineide Ricobom Zimmermann, foi escolhido o BISCUIT com motivo de NATAL, para fechar com chave de ouro nossa parceria COOPER/ABLUDEF.



O QUE É BISCUIT?


O biscuit, nada mais é do que modelar, objetos, a partir da porcelana fria, que é uma massa, feita da mistura de amido de milho, cola branca, limão ou vinagre e também vaselina. A massa também é conhecida como porcelana fria, pelo fato de não precisar ser cozida em forno, e seca facilmente em contato com o ar.

Pode ser feita a massa branca e utilizar tingimentos conforme a cor desejada. Utilize corantes ou  tintas .

Passo a passo para fazer BISCUIT.



1. MASSA DE BISCUIT

Ingredientes para fazer a massa do biscuit:

02 xícaras (chá) de amido de milho;

02 xícaras (chá) de cola branca própria para biscuit;

01 colher (sopa) de caldo de limão, vinagre ou formol;

02 colheres (sopa) de vaselina líquida;

01 colher (sopa) de creme hidratante sem silicone;




COMO FAZER MASSA DE BISCUIT NO MICROONDAS

Tudo vai depender da potência do seu microondas, o tempo de cozimento varia entre 1 minuto e 30 segundos, podendo levar até 10 minutos. Na primeira vez que você for cozinhar a massa, tire-a a cada trinta segundos, sempre verificando para que a massa não passe do ponto.

Você deve misturar todos os ingredientes, depois de misturado, leva ao microondas por aproximadamente 3 minutos, mexa a cada 1 minuto, caso seja a primeira vez que você esteja fazendo em seu microondas, verifique a cada 30 segundos, para que não passe do ponto.



COMO FAZER MASSA DE BISCUIT NO FOGÃO

Em uma panela, misture todos os ingredientes, mexa com uma colher de pau, até que toda mistura se desprenda do fundo da panela, sem estar totalmente ressecada, ou seja, um pouco mole ainda. Se você ja fez massa para coxinha, ou sabe como fica, o ponto deve ser o mesmo.



 COMO SOVAR A MASSA DO BISCUIT

Logo após o cozimento, coloque bastante creme nas mãos e também em uma superficie lisa e fria, um exemplo, é a pia da cozinha, sove a massa como se fosse massa de pão. Cuide muito se a massa estiver quente ainda, para não queimar as mãos.



DICAS PARA A MASSA BISCUIT

1- A massa deve ser sovada ainda quando quente, para que fique com consistência macia e elástica

2- Depois que sua massa estiver sovada, você deve armazená-la em um saco plástico limpo, pois livre de poeiras e gorduras.

3- Deixe a massa em descanso por aproximadamente 24h. Após este tempo você deve retirar a massa do saco plástico, secar, e guardar em um saco plástico novo. Depois você pode tingir com a cor desejada e está pronta para a modelagem.

4- Você pode fazer seus trabalhos com a massa natural, sem que ela seja tingida. depois pintar com a tinta acrílica, óleo, ou até mesmo a látex. Qualquer um desse tipo de tinta que indicamos, também pode ser usada para tingir a massa, caso desejar trabalhar com a massa colorida.



MASSA FRIA PARA BISCUIT OU BISCUIT PERUANO


2 xícaras de chá de amido de milho

1 xícara de chá de cola branca

1 colher de sopa de vaselina líquida ou óleo de cozinha
1 colher de sopa de suco de limão ou vinagre branco

1 colher de sopa de creme para as mãos (não gorduroso)
Misture tudo e está pronto. Use o creme de mãos para sovar a massa. Durabilidade: 1 mês no saquinho plástico sem ar e fora da geladeira



MASSA FRIA PARA BISCUIT II

1 xícara de café de maisena;

1 xícara de café de farinha de trigo;

1 xícara de café de cola branca e

1 colher de chá de creme para mãos não gorduroso.


Misture bem os ingredientes, sempre mantendo as mãos pulverizadas com um pouquinho de farinha de trigo, até a massa adquirir uma textura elástica.
Conserve-a embrulhada em filme plástico


MASSA DE BISCUIT NO MICROONDAS I

1 litro de cola para biscuit

1/2 kg de amido

5 colheres de sopa de vinagre

5 colheres de sopa de óleo de cozinha
Creme não gorduroso para sovar
Misturar tudo em uma vasilha que vá ao microondas, colocar no micro de 1 em 1 minuto. A massa está pronta quando em cima estiver durinha e em baixo ficar um creminho. Besuntar uma superfície (de preferência de mármore) com o creme. Depois de a massa estar cozida sovar muito bem, passando o creme na mão e sovando, até chegar ao ponto.




MASSA DE BISCUIT NO MICROONDAS II

2 xícaras de cola branca

2 xícaras de amido de milho

1 colher de sopa de estearina

1 colher de sopa de benzoato de sódio

1 colher de sopa de vaselina líquida

1 colher de café de ácido cítrico com 1/4 de xicara de agua ( p dissolver)

Coloque num refratário que possa ir ao microondas. Ligue o micro na potência máxima programado para 3 minutos. A cada minuto pare para mexer.Depois é só sovar com creme para mãos não gorduroso numa superficie de mármore.











FONTE: www.criarfazergratis.com/biscuit-passo-a-passo-como-fazer

MATERIAL FOTOGRAFICO: Arquivo de Dalva Day

05/11/2009

* 2009 – NOVEMBRO 2008 / 2009


Em novembro de 2008, começava a tragédia da qual Blumenau e municípios vizinhos nunca mais esquecerão. Assisti com meu marido os mais trágicos momentos de minha existência. Meio século se passou em poucos momentos em minha frente, mostrando o quanto a natureza se transforma e cobra com altos juros pela nossa ações. Mudamos cursos de rios, desmatamos florestas infinitamente e nem imaginamos o quanto ficamos em débito para as futuras gerações...
Será que aprendemos a lição? Refletimos neste longo ano sobre as nossas atitudes? Será que nos tornamos mais poderosos ou simplesmente mais humanos.

A famosa passarela, aparentemente simples, mas que fez história pelas dificuldades dos transeuntes em ir ao outro lado, para trabalhar ou simplesmente fazer as compras de mercadinhos, padarias. Deixou por 11meses e meio a população desprovida de liberdade do IR e VIR .Mas nos dia 15 de outubro surge imponente nas margens do rio do Garcia, fazendo com que os pés cansados da comunidade pudessem ter acesso ao outro lado, diminuindo o trajeto em 2 km.



Dia de festa, no dia 5 de novembro na madrugada ouço o som que já estava esquecido na memória. O som dos ônibus e veículos transportando os trabalhadores que estão reconstruindo Blumenau. As pessoas que necessitam do transporte do Município para se locomover, sentiram na pele a necessidade urgente destes ônibus, voltarem as linhas normais. Blumenau não pode parar, se o povo não se agilizar, se unir, nada se consegue.


01/11/2009

* 2009 - 6º ENCONTRO DO GRUPO DA MELHOR IDADE

No dia 30 de outubro de 2009 aconteceu o 6º encontro do GRUPO DA MELHOR IDADE da ABLUDEF. O Tema deste encontro foi o “DIA DAS BRUXAS E SACI PERÊRE”, como foi combinado a festinha do dia 10/10 quando se comemorou no sábado o dia do deficiente (11/10) , ficou acertado o termino da 1ª GINCANA DO GRUPO DA MELHOR IDADE.
Conforme a ORDEM DO DIA o encontro começou ás 10 horas, como boa parte destes idosos dependem de transporte da ABLUDEF, vão chegando aos poucos e até as 11:30 ficam colocando suas “fofoquinhas” em dia, para muitos somente neste dia que saem de suas casas e tem oportunidade de encontrar seus colegas de equipe.
O cardápio do dia foi servido a eles uma macarronada, bolinhos de carne com diversas saladas, com direito a repetir. Todos estavam satisfeitos com o almoço e foram se preparar para começar a gincana.
A coordenadora do GRUPO DA MELHOR IDADE a assistente social Dalva Day, deu as boas vindas ao grupo, pediu que todos assinassem o livro de presença e colocassem seus telefones atualizados na listagem , pois de um mês para outro muitos mudam, principalmente números de celulares. Antes de começar os trabalhos do dia, conversou com os idosos sobre o porquê do tema, pois alguns estavam preocupados com o tema, por serem pessoas muito religiosas,tinham medo da brincadeira , atraíndo maus fluídos. Após explicarmos que era apenas por ser a data do encontro perto do dia das bruxas, resolvemos fazer a brincadeira e assim mostrar um pouco do folclore brasileiro sobre mitos e lendas e que no país é também o dia do SACI PERERE, ...frizamos a todos que éramos as “ bruxinhas do bem.”
Como o tema era sobre o “DIA DAS BRUXAS” , a presidenta da ABLUDEF, Maria Helena Mabba, também madrinha do GRUPO DA MELHOR IDADE, encenou com a equipe um teatro sobre o ‘DIA DAS BRUXAS”, foi de uma alegria geral entre os idosos, e todos participaram da brincadeira. Maria Helena com seus dois ajudantes o “fantasma Caiko e o bruxinho Samuel” colocaram diversos brinquedos dentro do panelão (caldeirão), invocando que “todos os idosos se transformem em bebê”, algumas idosas diziam que eram bebê e queriam fraldas,chupetas. No final da encenação, a bruxa madrinha Maria Helena Mabba pediu aos idosos para adivinhar o que tinha no caldeirão, ninguém acertou, então tirou uma “maça do amor” oferecendo a eles. Em seguida pediu para a Bruxinha Marivete (psicóloga) e ao fantasma Caiko que desse a cada um dos idosos uma “MAÇA DO AMOR” .

Voltando a coordenação para a assistente social Dalva Day, foi escolhido duas pessoas para representar as equipes para as perguntinhas surpresas cujo tema “DIA DAS BRUXAS”, foi convocadas pela EQUIPE A a psicóloga Marivete Gesser e pela EQUIPE B a assistente social Tânia Regina Moraes . Foi realizada 11 perguntas referentes ao tema que estava no mural feito no dia anterior ao encontro e que as duas confessaram não terem lido. Ficou empatada essa etapa, cada pergunta valia 100 pontos, acertaram 3 perguntas cada uma, totalizaram 300 pontos, para cada equipe.

No terceiro item do encontro, a coordenadora colocou que no dia 10 de outubro, na oportunidade deste encontro foi lançado pela Rainha e pelo Rei da MELHOR IDADE a colheita dos sabonetes. Onde as equipes A e B teriam que acumular a maior quantidade de sabonetes. A cada sabonete recolhido estariam valendo 20 pontos, indiferente de peso ou marca. E para dar maior estímulo ao grupo, a idosa(o)teriam que deixar seu palpite na hora de assinar o livro de presença, colocando quantos sabonetes teríamos na contagem final nas duas caixas. Aquele que acertar levaria uma cesta de produtos diversos e a EQUIPE do qual pertencer o acertador ganhará 500 pontos. O resultado será conhecido a partir das 15 horas, sendo possível colocar sabonetes até esse horário (10 minutos antes de abrir a caixa). Exatamente no horário foi convocado a Rainha Terezinha e o Rei Lourival, juntamente com a Marivete e Ariel (voluntário e neto de uma das idosas), também foi pedido ao professor Jorge (instrutor de Informática) para contar os sabonetes e todos os idosos foram os delegados.

A EQUIPE A contou 49 sabonetes em sua caixa, totalizando 980 pontos e a EQUIPE B contou 66 sabonetes com 1.320 pontos. A senhora Norma Prudêncio acertou em cheio a contabilidade geral dos sabonetes que foi de 115 sabonetes e a EQUIPE B levou mais 500 pontos e ela a cestona de produtos.

No quarto item resolvi aprontar com a equipe, como éramos em 5 bruxinhas , pedi que as 4 bruxinhas desfilassem e os idosos escolhessem a MISS ABOBORA . Maria Helena foi a primeira a desfilar em seguida Angela, Tânia e Marivete, todas receberam uma abóbora de cerâmica de presente como troféu. Como tínhamos duas idosas caracterizadas de bruxinha foram presenteadas cada uma com 1 pequena cesta de vime com guloseimas. Todos os idosos receberam da coordenadora do grupo da Melhor Idade um saquinho de TNT Roxo simbolizando ao Dia das Bruxas, com o café da tarde (café, açúcar, bolachas,leite,geléia) e o convite para o próximo encontro, que será o último do ano. Na oportunidade estaremos realizando o AMIGO INVISIVEL, a chegada do PAPAI NOEL e festejar os aniversários dos idosos, a madrinha Maria Helena deu a todos idosos um pacote de guloseimas, simbolizando as crianças que iam de casa em casa pedir docê ou guloseimas como (pirulito,balas) quitutes do dia das bruxas.

A coordenadora chamou a equipe de apoio agradeceu a todos e em seguida deu por finalizada o encontro mensal do Grupo da MELHOR IDADE de outubro "dia das Bruxas". Convidou a todos para tomarem um café da tarde, confraternizando com os idosos do GRUPO DA MELHOR IDADE. Também agradeceu aos idosos pela doações dos sabonetes que será entregue ao GRUPO ARCO IRIS para fazerem decopagem com motivo de NATAL e assim presentear outros grupos da entidade.

RESULTADO DA 1ª GINCANA DO GRUPO DA MELHOR IDADE DA ABLUDEF

EQUIPE A: 3.788 PPONTOS

EQUIPE B: 4.748 PONTOS

DIFERENÇA: 960 pontos

FOTOS DA GALERA DE VOLUNTÁRIOS - PROFISSIONAIS – ASSOCIADOS

Related Posts with Thumbnails