24/03/2021

* 2020 - Entenda como é definida a data da Páscoa



Páscoa e Carnaval não têm datas fixas e dependem da lua cheia depois do equinócio do outono. Muita gente não consegue entender as datas da Páscoa e Carnaval, já que caem sempre em dias diferentes todos os anos – não são datas fixas como outros feriados. Foram os bispos católicos no ano 325, em um concílio realizado na cidade de Nicéia, onde hoje fica a Turquia, que definiram as datas da maior festa cristã, a Páscoa. E, em consequência, da procissão pagã na avenida.
As duas estão ligadas por uma conjunção astral e mudam todos os anos. O que determina as datas do carnaval e da Páscoa é a natureza. A passagem das estações. Por volta do dia 20 de março, ocorre um fenômeno de nome complicado, chamado equinócio. Nessa data, o dia e a noite tem a mesma duração: 12 horas. É o que marca o início da primavera no Hemisfério Norte e do outono no Hemisfério Sul. Aí, é só esperar que apareça a primeira lua cheia no céu. No domingo seguinte, é a Páscoa.
Vamos ao exemplo: em 2018, o equinócio de outono é no dia 21 de março (começa o Outono). A primeira lua cheia depois dessa data é no dia 31 de março (um sábado) – então o primeiro domingo depois da lua cheia é o dia da Páscoa (neste ano, 1º de abril)É por conta dessa possibilidade da lua cheia acontecer ou um pouco antes ou um pouco depois do dia de equinócio. Se acontece logo um pouco depois, daí a Pascoa é em seguida. Uma semaninha depois a gente já tem a Páscoa, já no final de março
Em 2016, a primeira lua cheia ocorreu logo depois do equinócio, no dia 23 de março. A Páscoa, então, foi no domingo 27 de março. No ano passado, depois do equinócio, a primeira lua cheia foi só no dia 11 de abril – a Páscoa, então, foi no dia domingo 16 de abril.
Carnaval
O carnaval é 47 dias antes. Nada simples.... Por que 47 dias? Vamos voltar ao calendário: sete dias antes da Páscoa é o Domingo de Ramos, início da Semana Santa. Exatamente, 40 dias antes é terça-feira de carnaval. No caso deste ano, dia 13 de fevereiro.
Festa móvel
Um problema em separar a Páscoa do Pesach foi como calcular a data da festa com antecedência, já que a astronomia romana não era tão desenvolvida e a festa estava relacionada ao ciclo lunar. O astrônomo Robert Cockcroft, da Universidade McMaster, no Canadá, explica que o problema foi resolvido ao se fixar "datas eclesiásticas", diferentes das datas astronômicas.
Fixou-se a Páscoa no primeiro domingo após a primeira lua cheia "eclesiástica" após o equinócio da primavera. As datas "eclesiásticas" tendem a seguir o tempo lunar, mas excepcionalmente o Pesach e a Páscoa acabam sendo celebrados com uma distância maior.
"Se a lua cheia ocorrer durante o equinócio, os cálculos eclesiásticos tente a forçar a próxima lua cheia para determinar a data da Páscoa", diz.
Julio e Gregório
A confusão para determinar a Páscoa ainda não tinha chegado ao fim. Até 1582, usava-se na Europa o calendário juliano (em honra a Júlio César), baseado no ano solar. "Contudo, o calendário juliano superestimava o ano solar em três dias, por quatro séculos", conta.

A contagem equivocada fez a Páscoa ser celebrada no verão europeu no século 16. Em 1582, o papa Gregório 18 resolveu corrigir o erro e estabeleceu um novo calendário, o gregoriano, em uso até hoje. Os dias do ano foram limitados a 365 (366 nos anos bissextos) e foram "extintos" dez dias na contagem. Quem dormiu na noite do dia 4 de outubro de 1582 acordou na manhã do dia 15 de outubro, oficialmente. O calendário, no entanto, não foi seguido por todos. Cristãos ortodoxos continuaram a usar o calendário juliano. Com tanta mudança, a Páscoa é hoje celebrada em datas diferentes por judeus, católicos e cristãos ortodoxos.
CONFIRA AS DATAS DA PÁSCOA ATÉ 2024
2013
31 de março
2014
20 de abril
2015
5 de abril
2016
27 de março
2017
16 de abril
2018
1º de abril
2019
21 de abril
2020
12 de abril
2021
4 de abril
2022
17 de abril
2023
9 de abril
 2024
31 de março
FONTES:


Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails