20/09/2015

* 2015 - HISTORICO DO ROCK RIO DE 2001

Rio de Janeiro, 12 de janeiro de 2001. Essa foi a data que o Rock in Rio reencontrou sua casa. Uma nova Cidade do Rock foi erguida em Jacarepaguá, com capacidade diária para 250 mil pessoas.
O terceiro Rock in Rio contou com uma série de novidades, entre elas o “Por um Mundo Melhor”. A música passou a dividir espaço com discussões sobre questões socioambientais, com foco na educação e na cidadania. Era o início de um projeto que passaria a fazer parte do conceito do festival. Inspirada pela nova iniciativa, a abertura foi marcada por um movimento de comunicação jamais realizado.  Ele silenciou mais de 3500 emissoras de rádio e TV do Brasil por 3 minutos. O Rock in Rio convidava todos a refletirem sobre o que poderiam fazer para transformar o planeta em um lugar melhor.
O festival também bateu mais um recorde de público: foram 1.235.000 pessoas em 7 dias de festa com 160 artistas. O line-up marcou o retorno de Iron Maiden e Guns N’Roses e ainda trouxe Foo Fighters, REM, Neil Young, Queens of The Stone Age, Oasis…

Uma lista recheada de grandes nomes, mantendo a diversidade musical, característica que acompanha o Rock in Rio desde o início. Até um dia dedicado ao Pop com Britney Spears, N Sync e vários outros foi criado. Entre os brasileiros artistas como Cassia Eller, Capital Inicial e Kid Abelha.  Também surgiram palcos especiais para o som mais étnico e novidades da música brasileira.
Com o Red Hot Chili Peppers como headliner, a noite de 21 de janeiro encerrou a terceira edição do festival com 250.000 pessoas, mais um recorde de público.
O Rock in Rio deixou de ser apenas um evento musical para se tornar o maior festival de música e entretenimento do mundo.
FONTE: 





Nenhum comentário:

Related Posts with Thumbnails